Fios Faciais e suas Indicações

 O envelhecimento facial é ocasionado pela perda de colágeno; o que leva a um aumento da flacidez, ocasionando excesso de pele e perda de sustentação dos tecidos da face. Os fios faciais constituem um procedimento não-cirúrgico para o tratamento destas áreas de flacidez facial, reorganizando tais tecidos que sofreram queda consequente do envelhecimento e provocando o efeito “lifting” de uma pele firme e estabilizada.

 

 O procedimento é realizado no consultório e sob anestesia local, com duração em torno de 30 minutos à uma hora e meia, dependendo da quantidade de fios e número de regiões a serem colocados. O efeito é observado de imediato e tem durabilidade de cerca de 1 ano e meio.

 

 É indicado para casos como:

 

– queda da maçã do rosto;

– formação do bigode chinês;

– deslocamento da gordura do terço médio da face (dando aspecto de “buldog”);

– perda do contorno da mandíbula

– queda no supercilio. Com os fios faciais conseguimos fazer um levantamento das sobrancelhas.

– Flacidez na região cervical (pescoço).

– nariz negroide (achatado e largo). Com os fios faciais conseguimos fechar levemente a asa do nariz e levantá-lo, melhorando o aspecto achatado e largo.

– nariz caído. Com os fios faciais conseguimos levantar a ponta do nariz.